06/09/09

A má é sempre a Margarida!

Odeio quando a minha mãe me começa a dizer para eu dar 'um toque' aos meus tios. Não falo com eles a imenso tempo, tenho as minhas razoes... Dou bastante importância à união, e quando se quebra um pedaço da corrente, está tudo estragado. Sempre tiveram a mania de controlar tudo e todos, sonham-se os donos do mundo; e à uns 8 ou 9 anos, perderam essa oportunidade de o continuar a fazer comigo e com a minha mãe.
Foram feitas novas escolhas, novos hábitos foram criados, tivemos finalmente uma rotina.

Hoje em dia, tenho a perfeita noção do que eu posso ou não fazer em relação a isto... Digo muitas vezes quando me vêm com tretas que não falo a muito tempo com X ou com Y 'se querem falar comigo que me liguem ou se querem estar comigo que avisem'!
Tudo o que foi dito, e o que ainda continuam a inventar, faz com que cresça uma raiva cada vez maior dentro de mim... Sim, sou uma revoltada com a minha família. Não tenho medo de o admitir, é verdade! Passo muito bem sem eles... se durante uma data de anos nunca se preocuparam muito comigo, também não é agora que vou precisar deles... não sei o dia de amanha, mas prefiro pensar assim.

Estou farta de ser sempre a má da fita... quando me contam que disseram 'qualquer dia já não a conheço de a tanto tempo que não a vejo subo as paredes'!!
Pois bem, hoje tive a prova de que aquela gente o que mais merece é desprezo completo.
Estava na 'santa terrinha' e como é habito depois de almoço tenho que me ''encher'' de cafeína (maus hábitos Margarida, maus hábitos...), fui com a minha mãe até ao café... Mal estacionamos o carro, olho pelo vidro e avisto uma destas pessoas; qual não foi o meu espanto quando o vejo levantar da cadeirinha onde estava, dizendo as doces palavras 'a conversa está muito boa mas tenho que me ir embora' (isto depois contado por quem presenciou triste figura)...
A minha resposta foi um simples 'depois eu é que sou a má da fita'. E a conversa continuou normalmente...

É isto que me mexe com o sistema e depois digo a primeira coisa que me vem à cabeça... Não quero saber, comigo não brincam mais. :)


Foi apenas um desabafo...

2 comentários:

Escarlate disse...

"Não quero saber, comigo não brincam mais"

:)

Ganso disse...

És má...