08/01/10

Livros, rabiscos e post'it 's amarelos.

"A certa altura, eu estava a admirar a paisagem e o Andy poisou o livro do
Stephen Ambrose na nossa toalha de praia king size, envolveu-me as mãos nas
suas, e beijou-me. Beijei-o apaixonadamente, retendo para sempre aquele momento.
O som das ondas rebentando, a sensação da brisa marítima na minha cara, o cheiro
a limão misturado com o coco da nossa loção solar. Quando nos afastámos,
disse-lhe que nunca tinha sido tão feliz na vida. E era verdade."
in. Escolhi o teu Amor

Fui desenvolvendo uma mania que a mim, ás vezes, até me irrita. Sempre que começo a ler um livro a primeira coisa que faço é pegar num lápis para sublinhar as frases/citações que mais gosto. Quando o livro não é meu, ando com um bloquinho de post-it's amarelinhos, para apontar tudo sem me esquecer.
Ora o problema está no 'eu gosto demais deste livro' pois... já me aconteceu uma vez, e eu ainda não sei o que fazer. É daqueles pequeninos e fofinhos, onde cada palavrinha ou cada episódio faz mais sentido que o anterior. E o imaginar as histórias? Oh pah...
Acho que vou copiar o livro todo.



Sinto-me parva.
Estas são as ideias de merda perfeitas para encher chouriços...
...
ou alimentar um blog.

4 comentários:

D* disse...

"Sinto-me parva."? Olha lá eu também faço isso e não me sinto nada parva x) Oh oh!

Né # disse...

adorei rapariga :)

Maria Margarida disse...

D*: Isto foi um post para não dizer que não escrevo nada.... Daí a parvidade. xP

^^

Rita Moura disse...

Podias copiar o livro para o blog e nós também para o lermos! ; ) ***